Novo Nissan Leaf: o mesmo pedal para acelerar e “travar”

A Nissan divulgou mais uma característica do próximo Leaf, que deverá ser apresentado em setembro: a função e-Pedal que, quando ativada, faz com que o pedal do acelerador funcione também como travão.

Tipicamente, os carros elétricos desaceleram mais do que os veículos de combustão equivalentes quando levantamos o pé do acelerador porque nessa situação o motor elétrico transforma-se em gerador para carregar as baterias – processo conhecido por regeneração. Em alguns carros elétricos é até possível alterar o nível de regeneração, o que evita o uso do travão. É o caso do atual Leaf que tem o modo B para aumentar a regeneração (travagem com o motor).

De acordo com o último comunicado da Nissan sobre o futuro Leaf, este processo de regeneração vai ser amplificado quando o utilizador pressiona o botão e-Pedal. Segundo a Nissan, «Os condutores poderão concretizar 90% das suas necessidades de condução com o e‑Pedal tornando todo o processo de condução mais entusiasmante. Em situações de tráfego intenso ou em percursos citadinos, os condutores reduzirão bastante a necessidade de alternar de um pedal para outro tornando a condução mais simples e mais confortável».

Espera-se que o novo Nissan Leaf tenha mais autonomia que o modelo anterior - os rumores apontam um valor entre 300 a 500 km - e já se sabe que vai incluir a tecnologia de assistência à condução ProPilot, que permite manter o carro automaticamente na mesma faixa de rodagem respeitando a distância de segurança para o veículo da frente.


EI

Read more


Nova CPU da Intel vai ter velocidade de relógio inferior ao Threadripper da AMD

A AMD e a Intel estão num combate desde o lançamento da Ryzen 7. Agora, é a vez de esta competição chegar aos superprocessadores e há indicações que a Intel pode ficar para trás.



Intel vai apresentar, segundo o Videocardz, um Core i9-7920X com 12 núcleos e 24 threads, 16,5 MB de cache e uma velocidade de relógio de “apenas” 2,9 GHz. Esta frequência é inferior ao que é oferecido pelo Core i9-7900 de dez núcleos da própria Intel. A confirmarem-se estas especificações, o novo chip troca 13% de velocidade de relógio por 20% de aumento nos núcleos. Adicionar mais núcleos pode não ser a solução ideal, uma vez que o chip pode começar a apresentar limitações de desempenho em algumas aplicações.
Na mesma gama, a AMD oferece uma CPU de 12 núcleos a 3,5 GHz de base e que pode chegar aos 4 GHz, enquanto a versão de 16 núcleos opera nos 3,4 GHz e pode chegar aos 4 GHz em boost.
Nesta fase, a vantagem é apenas teórica, uma vez que os chips em questão terão de ser testados em condições reais para se perceber se a maior velocidade de relógio garante um melhor desempenho.
Mesmo no preço, a AMD está na dianteira, com a versão de 12 núcleos a custar 799 dólares e a versão de 16 núcleos a chegar aos 999 dólares. A Intel, para o chip de 12 núcleos, pede 1199 dólares.
EI

Read more


Drones vão ter de ser registados, ter seguro e podem dar direito a multa de até 4 mil euros

O projeto-lei estabelece a obrigatoriedade dos proprietários registarem dos drones “no prazo de 10 dias úteis” após a compra ou após a conclusão da construção do aparelho, no caso de se tratar de equipamentos construídos de forma amadora



O registo de drones, que implicará o pagamento de taxas administrativas, e a contratualização de um seguro de responsabilidade civil, vão ser obrigatórios, de acordo com a proposta de decreto-lei, a que a Lusa teve acesso.

A proposta de diploma do Governo, enviada a entidades do setor aeronáutico, obriga os proprietários das aeronaves pilotadas remotamente (vulgarmente designadas drones) com peso igual ou superior a 250 gramas - mesmo que de construção amadora - a registarem os aparelhos junto da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC).

“Para o efeito, cria-se um código de identificação a atribuir, obrigatoriamente, a todas as aeronaves às quais o presente diploma se aplica, cujo registo se materializa através da introdução de dados de identificação, quer do proprietário, quer da aeronave, numa base de dados gerida pela ANAC, de modo a permitir a eficácia do controlo e supervisão desta Autoridade, quer sobre os respetivos proprietários, quer sobre os respetivos operadores”, indica o documento.

O regulador da aviação civil irá atribuir um código de identificação, constituído pelas letras 'PT', seguidas do número correspondente ao ano do registo e de um número sequencial atribuído automaticamente por uma aplicação informática a disponibilizar pela ANAC, e na qual deve ser efetuado o registo.

O código de identificação gerado é único e deve ser afixado no aparelho.

Os proprietários estão obrigados ao registo dos drones “no prazo de 10 dias úteis” após a compra ou após a conclusão da construção do aparelho, no caso de se tratar de equipamentos construídos de forma amadora.

Quem já tiver um drone à data da entrada em vigor do decreto-lei, tem “um prazo máximo de um mês” para fazer o registo na referida aplicação informática.

O registo, válido por um período de três anos, findo o qual deve ser renovado, implica o pagamento de taxas cobradas pela ANAC, que constituem “receitas próprias” do regulador nacional da aviação, estando ainda por definir os valores em causa.

Outra das medidas previstas é a obrigatoriedade da contratualização de um seguro de responsabilidade civil para eventuais danos causados a terceiros pelos drones.

O diploma fixa ainda que os menores de 16 anos “não podem operar” drones com peso igual ou superior a 250 gramas, “exceto se acompanhados por quem exerce o poder paternal e cumpridas as condições previstas” no diploma relativas ao registo e ao seguro de responsabilidade civil.

O decreto-lei tipifica também as contraordenações do regime sancionatório aplicável à operação dos drones e atualiza os montantes das coimas a cobrar aos proprietários singulares, que passam a ser ligeiramente superiores.

As contraordenações leves vão desde os 151,05 euros aos 302,09 euros, em caso de negligência, e dos 302,09 euros aos 1006,99 euros, se houver dolo.

Quanto às contraordenações graves, vão desde 251,75 euros até aos 503,49 euros, em caso de negligência, e coima mínima de 503,49 euros e máxima de 1510,48 euros, em caso de dolo.
As contraordenações muito graves são punidas com 1.006, 99 euros e 2.517, 46 euros, em caso de negligência, e de 2.013,97 euros e 4.027,94 euros, em caso de dolo.

O regulamento da ANAC, em vigor desde janeiro deste ano, proíbe o voo destes aparelhos a mais de 120 metros de altura e nas áreas de aproximação e descolagem dos aeroportos.

Desde o início do ano, houve o registo de, pelo menos, 16 incidentes com drones, reportados pela aviação civil, envolvendo estes aparelhos, que violam o regulamento e aparecem na vizinhança, nos corredores aéreos de aproximação aos aeroportos ou na fase final de aterragem.

No final de junho, o presidente da ANAC, Luís Ribeiro, anunciou no parlamento a intenção de propor ao Governo, até final de julho, um projeto legislativo sobre os 'drones', realçando que "é preciso tomar medidas adicionais" devido ao aumento de ocorrências com drones.

As entidades do setor têm agora até sexta-feira, dia 21, para dar sugestões sobre a proposta de projeto-lei, que visa reforçar as regras de utilização destes equipamentos e a respetiva fiscalização.

Exame Informatica

Read more


Ecrãs OLED podem ter levado Xiaomi a celebrar negócio de milhões com a Samsung

A tecnológica sul-coreana é líder no que toca ao fabrico de ecrãs OLED e agora poderá vir a fornecer a Xiaomi que tem intenções de lançar um flagship com esta tecnologia.


A Xiaomi pode ser a próxima empresa a recorrer à Samsung para se abastecer de displays OLED. Os planos da tecnológica chinesa contemplam o desenvolvimento de um smartphone topo-de-gama com esta tecnologia, e a celebração de um acordo com a empresa sul-coreana, que é uma das maiores fabricantes mundiais neste segmento, já deverá ter acontecido.

Ao que tudo indica, os ecrãs que a gigante chinesa vai encomendar vão ser de 6,01 polegadas e a entrega do primeiro lote será realizada já em dezembro de 2017. Aproximadamente, no primeiro mês, vão ser enviados para a Xiaomi cerca de um milhão de telas OLED e, mais tarde, seguem cerca de 2,2 milhões de unidades.


Inicialmente foi indicado que seria a LG a fornecer ecrãs flexíveis de 5,49 polegadas, também eles OLED, mas a parceria acabou por não ir em frente. Nem a Samsung nem a Xiaomi comentaram, até ao momento, os rumores sobre a parceria de fornecimento de equipamento.

TekSapo

Read more


Hackers acederam ao sistema informático de um casino através de um...aquário

O aparelho estava conectado à rede local e foi utilizado para roubar dados do sistema daquele estabelecimento.




De acordo com a CNN, um hacker conseguiu utilizar um aquário inteligente para aceder ao sistema informático de um casino, nos Estados Unidos da América. A informação foi confirmada pela Darktrace, uma empresa especializada em cibersegurança, numa entrevista dada por David Palmer, um dos seus fundadores.

"Já vimos intrusos a extrair dados de organizações altamente protegidas através de aquários que estavam conectados à rede de internet. Isso impressionou-me bastante. E quem é que liga o seu aquário à internet? Parece que muita gente", comentou em conversa com a Financial News London.

Palmer relatou a história e referiu que este aquário era pequeno e discreto, mas que a sua localização, na zona da recepção onde eram feitos os pagamentos, facilitou a operação dos atacantes.

Com a ponte estabelecida até ao sistema do casino, os hackers entraram e movimentaram-se lateralmente na rede, armazenando os dados recolhidos na memória interna do aquário e levando-os, depois, para fora da rede do edifício.


O ataque foi detetado por uma empresa externa que estava encarregue de manter os níveis da água dentro dos parâmetros exigidos.

TekSapo

Read more


Model: Harmony

Read more


Model: Jessie-Lee

Read more


Wicked Weasel 576 booty shorts

Read more


Japão abre curso universitário para formar jogadores profissionais de videojogos



Apesar de muitos não concordarem com a designação de "desportos eletrónicos", dada a desvirtuação da palavra "desportos", os videojogos de competição são uma das áreas do entretenimento mais badaladas da atualidade. Não só porque reúne à sua volta uma legião de adeptos cada vez maior, mas também porque capta cada vez mais investimento. E face a este contexto, o Japão decidiu criar as condições necessárias à formação de mais "atletas".

Em Osaka, pelas mãos do Jikei Group, vai nascer um curso universitário onde vários profissionais do sector vão dedicar-se a treinar alunos para singrar no mundo competitivo dos videojogos. Cada curso vai ter a duração de três anos e será composto por 900 horas de aulas anuais. As propinas vão chegar aos 1,52 milhões de yen por ano, cerca de 12.500 euros.

Para além de jogar (muito), os alunos vão também ser ensinados a lidar com a imprensa e a responder de forma adequada em entrevistas. Os reflexos, claro, também não serão esquecidos. O curso vai ser lecionado na Osaka Communication Arts College onde já está a ser criado um departamento dedicado a esta nova oferta curricular.

Apesar de serem já grandes acontecimentos na Europa, os campeonatos e torneios de eSports são um fenómeno gigantesco na Ásia onde os prémios chegam a atingir valores superiores a 5 milhões de dólares.

De acordo com a Newzoo, a indústria conta com 292 milhões de aficionados em todo o mundo e gera cerca de 500 milhões de dólares em receitas todos os anos.

Os desportos eletrónicos estão também a ganhar espaço em Portugal junto dos clubes desportivos mais tradicionais. Em julho do ano passado, o Sporting anunciou os eSports como uma das suas modalidades.

Já este ano foi anunciado o maior evento de videojogos competitivos alguma vez organizado em Portugal que conta com 25 mil euros em prémios.

Read more


Comissão Europeia manda Facebook, Google e Twitter e alterarem termos de serviço

Por que é que um consumidor europeu tem de recorrer a um tribunal da Califórnia quando tem um conflito com um gigante das tecnologias?



Facebook, Google e Twitter têm um mês para alterar as condições e os regulamentos dos serviços que prestam juntos dos habitantes da UE. A mudança dos denominados termos de serviço surge na sequência de uma notificação formal enviada, em dezembro, para os gigantes da Internet. Caso não procedam às alterações exigidas pela Comissão Europeia, as tecnológicas americanas arriscam-se a serem punidas com multas, informa a Reuters.
Desde o envio das notificações, em dezembro, que a Comissão Europeia tem vindo a debater com as maiores marcas da Internet potenciais alterações às condições de serviço.
Entre condições de serviço que motivaram o ultimato da Comissão Europeia estará o facto de algumas das marcas tecnológicas determinarem que, em caso de conflito, os consumidores têm de recorrer a tribunais da Califórnia.
A Reuters dá ainda conta de que, nas notificações enviadas para os gigantes da Internet, é solicitado que se proceda a uma clarificação sobre a inserção de conteúdos patrocinados e que se criem mecanismos que permitam o cancelamento de contratos.

Exame Informática 

Read more


Samsung Galaxy S8 deixa iPhone 7 Plus a milhas nos primeiros testes de performance

O telefone fez mais de 205 mil pontos na plataforma de testes da AnTuTu. O anterior líder do universo Android, o OnePlus 3T, não chegava aos 163 mil.

Apesar de ser certa a presença dos processadores Qualcomm Snapdragon 835 e Exynos 8895 nas várias versões do próximo topo de gama da Samsung, é incerta, contudo, a qualidade da sua performance. Enquanto o equipamento não for apresentado, lançado e testado, a dúvida vai permanecer, mas, nas últimas semanas alguns leaks publicados online mostram aquelas que poderão ser as primeiras pontuações do smartphone nos testes de benchmarking da AnTuTu, a mais popular plataforma de avaliações qualitativas para telemóveis e que serve de referência à indústria.

Num dos casos, em vídeo, o S8 surge com o nome de código SM-G950 e carrega um Spadragon 835 SoC. Os resultados dos testes de processamento gráfico são impressionantes. Melhor do que qualquer outro equipamento indexado no ranking da plataforma, o telefone alcança a pontuação de 205284, superando o registo do iPhone 7 Plus e do OnePlus 3T que lideravam a tabela com 181807 e 162423, respetivamente.
Note que o OnePlus 3T, detentor da melhor performance móvel no universo Android, de acordo com a AnTuTu, integra um Snapdragon 821, o mesmo processador que equipa o novo LG G6 e o HTC U Ultra, por exemplo. Esta nova geração de processadores pode representar assim um grande salto qualitativo face a ao modelo 821 e o S8 é o primeiro equipamento a integrá-lo depois da tecnológica sul-coreana ter reservado para si o primeiro lote de chips.


O S8 vai ser apresentado no próximo dia 29 de março.

Video

TeKsapo

Read more


Wicked Weasel Model: Bek



  • Hips: 37" (93.98cm)
  • Waist: 25.5" (64.77cm)
  • Bust: 36" (91.44cm)
  • Height: 5'7" (170cm)

Read more


Wicked Weasel Model: Coco



  • Hips: 31"" (78.74cm)
  • Waist: 25"" (63.5cm)
  • Bust: 31"" (78.74cm)
  • Height: 5'5" (165cmcm)

Coco

Read more


Wicked Weasel Model: Amy & Serena


Amy & Serena

AmyAAmymy & Sere & Serena

Read more


Wicked Weasel Model: Tamika


  • Hips: 34" (86.36cm)
  • Waist: 28" (71.12cm)
  • Bust: 33" (83.82cm)
  • Height: 5'8" (173cm)  

Read more

Since 2005

Translate

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Total Views

Pesquisar neste blogue

Real-time Earth and Moon phase

Blog Archive

Rating Posts

Copyright

Creative Commons License
Web hosting for webmasters