Brasileiros usam drones para criar versão digital do Cristo Redentor

É um dos monumentos mais famosos do mundo, a imagem de Jesus Cristo que tem quase 40 metros de altura. Sabendo da não existência de uma versão digital "real" da obra de arte, um grupo de empresas decidiu avançar com este projeto.

No topo do Corcovado está a estátua do Cristo Redentor, uma das imagens de "marca" do Rio de Janeiro e do Brasil em geral. É também considerada como uma das novas sete maravilhas do mundo moderno.

Mas até aqui não havia uma recriação digital fidedigna do monumento, nem da área circundante. Se alguém quisesse fazer um estudo mais pormenorizado sobre a construção ou pretendesse, por exemplo, avançar com um plano de limpeza, os dados que teriam não seriam os mais certeiros.

Foi por isso que a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), a empresa de digitalização Pix4D e a fabricante de drones Aeryon se juntaram para criar uma versão digital do Cristo Redentor.

O que o consórcio de entidades fez foi fazer uma digitalização gigante, através da captura de centenas de fotografias, que foram mais tarde renderizadas. A seguir o leitor encontra o resultado final do trabalho, bem como um vídeo que ilustra parte do processo descanning ao monumento. 




A digitalização produziu uma imagem virtual com 2,5 milhões de triângulos e 134 milhões de pontos individuais, o que garante à partida uma das recriações digitais mais fieis de sempre - se não a mais "real" - do monumento brasileiro. 

TeKSapo


0 Comentarios to "Brasileiros usam drones para criar versão digital do Cristo Redentor"

Since 2005

Translate

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Total Views

Pesquisar neste blogue

Blog Archive

Rating Posts

Copyright

Creative Commons License
Web hosting for webmasters