HTTP/2: um novo protocolo para uma internet mais rápida e segura

A atualização do protocolo HTTP levou anos a ser desenvolvido e foi agora formalmente aprovado. Uma internet mais rápida e segura está a caminho.

Dito de forma simples, o HTTP é o protocolo que permite aos browsers descarregarem websites dos servidores – e, após vários anos de desenvolvimento, viu agora aprovada formalmente uma atualização. O objetivo do HTTP/2 é tornar a internet mais rápida, segura e robusta, mas ainda serão necessários vários meses (ou até anos) para entrar em vigor.
The Verge adianta que, embora o HTTP/2 tenha sido desenvolvido pelo IETF HTTP Working Group, o novo protocolo é baseado numa versão customizada criada pela Google e chamada SPDY. Ambos os protocolos incluem melhorias que permitem aumentar a velocidade da navegação, devido, por exemplo, a novas técnicas de compressão e à capacidade de permitir que os browers façam pedidos múltiplos aos servidores web através de uma única ligação.
Contudo, muitos utilizadores já estão a tirar proveito desta tecnologia sem sequer se aperceberem. É que a Google lançou o SPDY em 2009 e o protocolo foi depois integrado no Chrome, Firefox e Internet Explorer. Porém, apesar de websites como o Facebook, Google e Twitter recorrerem a esta tecnologia para acelerar as ligações nos browsers compatíveis, ainda não é norma vigente na web – o HTTP/2, por sua vez, torná-la-á acessível às massas.
Isto não significa que o HTTP seja um protocolo estanque ao longo dos anos. Por exemplo, em 1999, teve direito à atualização HTTP/1.1 e a versão foi sendo melhorada ao longo dos anos.
Outro aspeto que o HTTP/2 visa endereçar é a segurança. Inicialmente, pensava-se que o novo protocolo iria ter integrado encriptação TLS (Transport Layer Security, que antes era conhecido como SSL), mas alguns players da indústria opuseram-se à criação deste novo standard. Porém, a realidade pode vir a ser outra, uma vez que Mark Nottingham, Chairman do IETF HTTP Working Group, referiu que os programadores do Chrome e do Firefox, por exemplo, frisaram que só irão suportar o HTTP/2 se ele integrar encriptação. Ou seja, na prática, isto significa que os websites que queiram beneficiar de uma maior velocidade de navegação terão de usar TLS. E os utilizadores agradecerão a oportunidade de desfrutar de uma internet que é mais rápida e, simultaneamente, mais segura.

EI


0 Comentarios to "HTTP/2: um novo protocolo para uma internet mais rápida e segura"

Since 2005

Translate

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Total Views

Pesquisar neste blogue

Blog Archive

Rating Posts

Copyright

Creative Commons License
Web hosting for webmasters