Escudo de energia estilo Star Trek patenteado pela Boeing

Os escudos que protegem as naves nos filmes e séries de ficção científica podem tornar-se realidade brevemente. Pelo menos o conceito já foi patenteado.

 

 

“Ativar escudos de plasma!”, ordena o comandante.  “Não posso porque o lasers não têm potência suficiente para a ionização…”, responde o engenheiro.
Parece um diálogo tirado de uma história de ficção científica. Mas pode bem tornar-se realidade num futuro próximo. Pelo menos é o que pretende a Boeing.
O gigante da indústria da aeronáutica e militar patenteou um sistema de proteção contra ondas de choque provocadas por explosões que consiste mesmo na ionização de uma pequena região através de lasers e micro-ondas para criar um campo de plasma.
De acordo coma notícia da Cnet, o campo de forças de plasma preconizado por esta tecnologia teria características diferentes do ambiente restante (temperatura, densidade e composição),  que faria reduzir as consequências das ondas de choque. Ou seja, este novo escudo de energia não vai ser capaz de oferecer proteção contra impactos físicos diretos – balas, por exemplo –, mas vai permitir atenuar os efeitos das explosões que ocorram próximo dos veículos equipados com esta tecnologia.
Ou seja, ainda não é desta que vamos ter o escudo protetor da Enterprise de Star Trek.

EI


0 Comentarios to "Escudo de energia estilo Star Trek patenteado pela Boeing"

Since 2005

Translate

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Total Views

Pesquisar neste blogue

Blog Archive

Rating Posts

Copyright

Creative Commons License
Web hosting for webmasters