Facebook pode ir a tribunal por causa de compras feitas por menores

Uma juíza nos EUA pretende que o Facebook reembolse os pais cujos filhos realizem compras na rede social ou nos jogos disponíveis na rede social.

Beth Labson Freeman é a juíza da Califórnia que quer que o Facebook seja processado por centenas de milhares de pais que são surpreendidos com contas astronómicas de compras feitas por menores no site.
O processo judicial que irá opor milhares de pais contra o Facebook deverá ficar marcado para 19 de outubro. Os responsáveis da rede social já revelaram que não reconhecem qualquer mérito ao processo e que irão combatê-lo vigorosamente. O caso conjunto não poderá ser usado para calcular os montantes das indemnizações, uma vez que cada caso terá de ser avaliado individualmente, noticia a Reuters.
O objetivo desta juíza é obrigar o Facebook a ressarcir os pais cujos filhos gastam dinheiro, sem a sua autorização, em compras online na rede social e dentro dos jogos disponíveis. Há casos de crianças que são autorizadas a gastar montantes reduzidos e acabam por fazer compras de milhares de dólares, uma vez que o cartão de crédito dos pais está associado ao perfil do Facebook.
Recorde-se que o Facebook aceita perfis com idades a partir dos 13 anos. «A diferença entre o Facebook e os outros negócios é que esta empresa sabe que alguns utilizadores são menores, mas continua a tratá-los como se fossem adultos quando toca a ficar com o seu dinheiro», disse o representante de alguns pais lesados.
EI


0 Comentarios to "Facebook pode ir a tribunal por causa de compras feitas por menores"

Since 2005

Translate

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Total Views

Pesquisar neste blogue

Blog Archive

Rating Posts

Copyright

Creative Commons License
Web hosting for webmasters