Facebook criticado por criar uma web de “duas camadas” com a Internet.org

 

O projeto de Mark Zuckerberg, para criar uma “Internet aberta” está a gerar protestos de entidades de defesa da privacidade e direitos digitais: 67 entidades de 31 países publicaram uma carta aberta questionando a iniciativa.

A Internet.org, a iniciativa do Facebook que pretende levar Internet a todos os que ainda não têm acesso, foi atacada por 67 grupos de direitos digitais de várias partes do mundo, por não fazer o suficiente para promover a neutralidade da rede - garantindo que nenhum site é beneficiado em relação a outro, em termos de tráfego web.

Os especialistas argumentaram que a rede social está a construir “um ‘jardim fechado’ onde as pessoas mais pobres só terão acesso limitado a websites e serviços. Preocupa-nos que a Internet.org faça um marketing enganoso de acesso a toda a Internet, quando de facto permite apenas acesso a um número limitado de serviços aprovados pelo Facebook”, escreveram as entidades na carta aberta.

A carta, publicada no Facebook e endereçada a Zuckerberg, aborda sete áreas distintas. Para além da neutralidade, no topo da lista estão problemas relacionados com a privacidade e a segurança online. A "política de privacidade do Facebook não oferece proteção adequada para os novos utilizadores de Internet, alguns dos quais podem não entender como os seus dados serão utilizados, ou podem não ser capazes de dar um consentimento adequado para certas práticas”, lê-se.

Defendem por isso que a iniciativa Internet.org pode contribuir para criar "uma Internet de duas camadas". "O boom económico e a revolução da conectividade que a Internet criou em países desenvolvidos precisa de ser compartilhada da mesma forma com os próximos três mil milhões de pessoas”, sublinham.

Das 67 entidades que assinaram a carta constam: 18MillionRising.org (Estados Unidos), Bits of Freedom (Países Baixos), Center for Media Justice (Estados Unidos), Coletivo Intervozes (Brasil), Digital Rights Foundation (Paquistão), IT for Change (Índia), xnet (Espanha) e Korean Progressive Network Jinbonet (Coreia do Sul), entre outras.

Não é a primeira vez que o criador do Facebook é criticado por causa deste serviço. Ainda este mês, o projeto esteve debaixo de fogo depois de várias entidades da Índia terem retirado o apoio à iniciativa no país.

TeK


0 Comentarios to "Facebook criticado por criar uma web de “duas camadas” com a Internet.org"

Since 2005

Translate

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Total Views

Ads

Traffic Exchange with 1,114,000+ members

Pesquisar neste blogue

Ads

Traffic Exchange with 1,114,000+ members

Real-time Earth and Moon phase

Blog Archive

Rating Posts

Ads

Copyright

Creative Commons License
Web hosting for webmasters