O fim das tarifas de roaming já chegou mas não foi à Europa

A T-Mobile decidiu abolir as tarifas de roaming para os clientes da empresa nos Estados Unidos quando viajam para o México ou Canadá. E não foi forçada pelos reguladores.


É a quarta operadora móvel dos Estados Unidos e mantém uma política agressiva, num mercado fortemente competitivo. Nos últimos meses a T-Mobile tem lançado várias campanhas para cativar novos clientes.

A mais recente é o fim das tarifas de roaming para os clientes da operadora nos EUA, nas ligações para o México ou Canadá. A medida vale para comunicações feitas a partir de um destes países, quando os clientes estão em viagem, mas também para comunicações realizadas dentro dos Estados Unidos para um dos países e abrange voz e dados.

Numa altura em que o tema do roaming continua na ordem do dia na Europa e será alvo de mais medidas da Comissão Europeia, que em 2017 vai impor a extinção destas taxas na região, é curioso observar que em mercados mais dinâmicos que o da velha Europa os próprios operadores jogam este trunfo para cativar mais clientes. Na Europa as empresas têm-se mantido contra o fim das tarifas de roaming e alegam que acabar com estas taxas vai lesar fortemente o sector.

O fim do roaming na T-Mobile entra em vigor a 15 de julho e vem completar outra oferta inovadora da operadora que já disponibilizava: comunicações de dados (Internet e mensagens de texto) sem custos adicionais fora dos Estados Unidos. Uma nota: a oferta só vale para ligações 2G, o que protege a operadora de consumos significativos de dados.

Da mesma forma, a campanha anunciada agora só é válida para quem fale mais de metade do tempo para números dentro dos Estados Unidos e para quem aceite atualizar o plano de comunicações para um novo, caso já beneficiasse de dados ilimitado.
Quem não aceitar as condições tem de juntar 10 dólares à mensalidade para manter as condições do tarifário ilimitado antigo e acumular as novas condições. Mesmo assim, a nova proposta não deixa de sr interessante, tendo em conta que 59% das comunicações feitas em roaming nos EUA são para o Canadá e o México.

TeK


0 Comentarios to "O fim das tarifas de roaming já chegou mas não foi à Europa"

Since 2005

Translate

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Total Views

Ads

Traffic Exchange with 1,114,000+ members

Pesquisar neste blogue

Ads

Traffic Exchange with 1,114,000+ members

Real-time Earth and Moon phase

Blog Archive

Rating Posts

Ads

Copyright

Creative Commons License
Web hosting for webmasters